Após fiscalização, clínicas em Cuiabá se adequam a normas contra pandemia

Após fiscalização, clínicas em Cuiabá se adequam a normas contra pandemia
02 de junho de 2020

Após fiscalização, clínicas em Cuiabá se adequam a normas contra pandemia

Após denúncias realizadas na Ouvidoria do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), duas clínicas de Cuiabá foram fiscalizadas nesta semana. De acordo com as reclamações, os espaços, sendo um na Avenida Fernando Correa e outro na Avenida do CPA, não estariam seguindo normas de biossegurança.

Dentre diretrizes regulamentadas para o combate ao novo coronavírus (COVID-19), os locais não estariam realizando o distanciamento social, de no mínimo um metro e meio, entre cada paciente, além de não fornecerem Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) aos seus profissionais.

Conforme fiscalização, que contou com apoio e acompanhamento da Vigilância Sanitária, no caso da clínica na Avenida Fernando Correa, a denúncia não era cabível, já que tem fornecido EPI’s e tem atendido seus pacientes por agendamento.

Já no segundo caso, uma primeira fiscalização apontou as irregularidades denunciadas. A Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), então, deu um prazo de 24 horas para que houvesse a regularização. Passado o tempo necessário, a clínica fez suas adequações.

Vale lembrar que o Conselho Regional de Odontologia (CRO-MT) promove tanto fiscalizações regulares como atende por denúncias, anônimas, caso o denunciante assim prefira. As mesmas podem ser realizadas em diferentes canais. São eles: telefones (0800-723 25 10 ou 65 3644-2002), e-mail ([email protected]), site (www.cromt.org.br/denuncia) e ainda Ouvidoria (https://participar.com.br/cromt/users/sign_in_).

Cadastre e receba nossa
Newsletter