CRO-MT realiza palestra de Prevenção ao Câncer Bucal

CRO-MT realiza palestra de Prevenção ao Câncer Bucal
29 de novembro de 2022

CRO-MT realiza palestra de Prevenção ao Câncer Bucal

Fechando o mês de Prevenção ao Câncer Bucal, o Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO - MT), em parceria com a Coordenação de Saúde Bucal da Secretaria de Estado de Saúde, irá realizar nesta quarta-feira (30), a partir das 08h, uma palestra de conscientização sobre o tema, que tem como objetivo orientar os munícipes sobre a importância da prevenção da doença. 

Com o tema ‘Câncer Bucal e suas implicações na Atenção Primária’, a palestra será ministrada pelo professor Associado de Patologia Básica e Patologia Bucal na UFRGS, Doutor em Patologia Bucal pela UFRGS e Teleconsultor em Estomatologia do Programa de Telessaúde/RS, Vinícius Coelho Carrard.

O evento acontecerá no Hotel Fazenda Mato Grosso, onde vão ser abordados assuntos como a prevenção e cuidados com a saúde bucal, a importância do cirurgião-dentista no tratamento oncológico, a apresentação de casos clínicos de pacientes oncológicos, entre outros.

As vagas são limitadas. Para se inscrever acesse: https://forms.gle/LDhAALdPzscejbis7.

Sobre a doença

O câncer da cavidade oral, popularmente conhecido como câncer de boca, pode ser um tumor maligno e, pode atingir garganta, lábios, gengiva, língua, bochecha e céu da boca.

Os principais sintomas são o aparecimento de feridas na boca, não dolorosas e que não cicatrizam em 15 dias. Outros sintomas são: feridas superficiais, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal. 

Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

A prevenção do câncer na boca é possível através de hábitos saudáveis, que incluem além de boa higiene bucal, cuidados simples como evitar o fumo; o alto consumo de bebidas alcoólicas; usar preservativo na prática do sexo oral; manter uma alimentação rica em legumes, verduras e frutas; estar atento a mudanças na coloração ou no aspecto da boca são essenciais para evitar a doença.

Cadastre e receba nossa
Newsletter