NOTÍCIAS

Assembleia Conjunta: CFO apresenta avanços para ganho de eficiência na TI do Sistema Conselhos

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) apresentou nessa terça-feira, dia 23 de abril, em Brasília/DF, avanços no trabalho desenvolvido para aprimoramento da infraestrutura e de soluções integradas de Tecnologia da Informação (TI) da Autarquia. O panorama dos projetos de renovação e modernização foi exposto em Assembleia Conjunta com Presidentes dos Conselhos Regionais de Odontologia de todo o Brasil. O trabalho corresponde à continuidade dos objetivos estratégicos aprovados pelo Plenário do CFO, no dia 21 de fevereiro, com abrangência nos campos estratégico, operacional e tático do Conselho.

Em termos de tecnologia e desenvolvimento, os avanços representam verdadeiro marco na agilidade em todos os processos realizados de forma integrada no Sistema Conselhos, com segurança de dados. A celeridade está prevista, inclusive, no âmbito da gestão, desde o atendimento à legislação federal até o controle e disponibilidade das informações. Por dessas mudanças, o CFO poderá disponibilizar, ainda, novos serviços, a exemplo de aplicativos de celular, processos éticos eletrônicos, novos sistemas e serviços integrados diretamente na internet.

Segundo o Presidente do CFO, Juliano do Vale, o trabalho caminha em etapa final de discussão e análise para melhor conduta na fase interna. “Dos aspectos variáveis de implantação e contratação, o olhar do Conselho está voltado para o tempo, custo, eficiência e, principalmente, para a legalidade e segurança dos processos. Essa fase interna vai demandar tempo com os setores cadastro, financeiro e ético. A Procuradoria Jurídica participa de todas as fases do trabalho para que tenhamos a segurança jurídica necessária na tomada de decisão”, esclareceu.

Dessa forma, o trabalho avança da fase de planejamento para migração e desenvolvimento dos projetos já aprovados pelo Plenário. Nesse primeiro momento, foram elencados cinco projetos prioritários: de renovação; de redes e segurança; extranet; modernização das salas de reunião; e treinamento do corpo técnico do CFO.

Fonte: CFO

COMENTÁRIOS