NOTÍCIAS

CRO ITINERANTE

CRO Itinerante desembarca em Campo Verde

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) desembarcou, nesta quinta-feira (18), no município de Campo Verde (a 141 km de Cuiabá), para mais uma edição do projeto CRO Itinerante – que tem com objetivo promover um encontro de capacitação e interação entre a autarquia e os profissionais de odontologia.

Além de levar conhecimento aos cirurgiões-dentistas e técnicos em saúde bucal, o CRO Itinerante tem priorizado a fiscalização do exercício da profissão emMato Grosso. Como parte da visita, o Conselho fiscalizou os consultórios odontológicos particulares e públicos de Campo Verde.

O presidente do CRO-MT, Luiz Evaristo Ricci Volpato, e a equipe técnica visitaram as instalações e os procedimentos clínicos de dois dos postos de saúde que concentram a maioria dos atendimentos clínico-odontológicos da cidade. A coordenadora de saúde bucal, Kueila Pacheco, acompanhou a visita.

Atualmente, o município conta com uma rede de saúde pública com 10 Postos de Saúde da Família (PSF) na zona urbana e outros quatro na área rural. Por iniciativa da Prefeitura, os cirurgiões-dentistas e auxiliares foram liberados para participar da tarde de capacitação.

“Para mim, é um sonho realizado. Nós precisávamos dessa palestra para adquirir mais conhecimento e, assim, colocar em prática no consultório tudo aquilo que eles estão aprendendo aqui hoje. Com certeza, vai valer muito para nossos profissionais”, comenta Kueila Pacheco.

Em Campo Verde, 63 profissionais de saúde bucal estão devidamente registrados no CRO-MT. Na rede pública atuam 28 profissionais, sendo 14 deles cirurgiões-dentistas.]

Palestra – Para trazer conhecimento aos profissionais de saúde bucal do município, a palestrante e cirurgiã-dentista Samara Valêncio de Melo – membro da diretoria da Associação Brasileira de Odontologia, secção Mato Grosso (ABO-MT) –   deu informações sobre "Riscos Ocupacionais na Odontologia, Biossegurança e Controle de Infecção", esclarecendo dúvidas para a comunidade, além de orientar sobre a correta identificação de doenças relacionadas à saúde bucal. O encontro reuniu cerca de 40 profissionais.

 

ZF PRESS - Assessoria de Imprensa

COMENTÁRIOS