NOTÍCIAS

CAPACITAÇÃO

IV Módulo de Educação Permanente discute Odontologia Hospitalar

O IV Módulo de Educação Permanente colocou em debate questões relacionadas à Odontologia Hospitalar e à Odontologia Intensiva. Ministrado pelo doutor Antônio Gargioni e pela doutora Letícia Mello Bezinelli, o módulo aconteceu no Auditório do Conselho Regional de Odontologia (CRO-MT) Dr. João Bastos Cuyabano.

O assunto abordado é de grande relevância para a saúde bucal da população, visto que cada vez mais chama a atenção dos profissionais da odontologia e das equipes de saúde em geral.

“A Odontologia Hospitalar trata da redução de infecções bucais com repercussão sistêmica e também da redução da estada do paciente em UTI e da melhora da qualidade de vida deste paciente em ambiente hospitalar”, explicou Antônio Gargioni, palestrante e integrante da Comissão de Odontologia Hospitalar do CRO-MT.

Durante o evento, Letícia Bezinelli – especialista que atua no Albert Einstein, em São Paulo –explicou estudos sobre os impactos clínicos e econômicos da implantação da Odontologia Hospitalar.

LEGISLAÇÃO – Em Mato Grosso a Lei 10.669, que torna obrigatória a prestação de assistência odontológica a pacientes em regime de internação hospitalar entrará em vigor a partir do final de junho de 2018.

Gargioni explica que a inserção da lei é acompanhada pela Comissão de Odontologia Hospitalar do Conselho mato-grossense.

“A Comissão, por meio do CRO-MT, está bastante atenta e atuante nos temas relacionado à questão e se reúne periodicamente com o intuito de fortalecer-se e posicionar-se nos ambientes hospitalares, de modo a favorecer as ações odontológicas e gerar uma melhor qualidade de vida aos pacientes”, concluiu.

Realizado no dia 8 de junho, o IV Módulo de Educação Permanente reuniu 18 participantes e arrecadou seis quilos de alimentos não perecíveis para doação.

ZF PRESS – ASSESSORIA DE IMPRENSA DO CRO-MT

COMENTÁRIOS