NOTÍCIAS

REFERÊNCIA

Conselheiros do Rio de Janeiro visitam sede do CRO-MT e estudam a implantação da ISO 9001

A sede do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) recebeu uma equipe do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro (CRO-RJ) interessada em estudar a aplicação da ISO 9001 à estrutura do CRO. Os conselheiros, Outair Bastazini Filho e Sávio Moraes, e o superintendente administrativo, Luciano Terrigno, estiveram na capital mato-grossense com o objetivo de aprender e levar o sistema para outra unidade regional.

O CRO-MT foi o primeiro, dentre os Conselhos Regionais de Odontologia, a aderir à Norma ISO. A conquista da certificação – que aconteceu em outubro de 2016 – estabelece uma relação de confiança entre os profissionais inscritos e o Conselho e regulamenta um sistema de gestão de qualidade.

“Viemos conhecer a estrutura do CRO-MT na tentativa de implantar o mesmo sistema que foi implantado aqui. Queremos estudar essa padronização nos processos de fluxo de trabalho – que é onde encontramos dificuldade – no atendimento dos jurisdicionados do Conselho”, explicou Outair Bastazini Filho, tesoureiro e conselheiro do CRO-RJ.

Outro aspecto destacado pelos conselheiros do Rio de Janeiro foi a relação entre os setores internos do CRO-MT e os benefícios associados à adoção da ISO.

“Queremos entender os reflexos, dentro de uma estrutura de CRO, da implementação da ISO 9001 em termos de qualidade de atendimento e inter-relação entre os diferentes setores do Conselho. Também vamos estudar a viabilidade de levar isso para a nossa estrutura no Rio de Janeiro”, disse Sávio Moraes, conselheiro e integrante da Comissão de Ética do CRO-RJ.

BENEFÍCIOS – Dentre os benefícios da implantação do sistema, está o aprimoramento dos processos internos e externos por meio da padronização possibilitada pela ISO 9001. A adoção à Norma auxilia na redução dos prazos dados pelo Conselho e na agilidade dos serviços.

“No caso do CRO-MT, este é um sistema que passa desde a secretaria, a fiscalização, até a administração como um todo. O processo de implantação contou com a cooperação dos colaboradores, que também compraram a ideia junto conosco”, ressaltou Luiz Evaristo Volpato, presidente do Conselho Mato-grossense.

ENTRE OS CONSELHOS – O relacionamento entre os Conselhos de Odontologia do país traz vantagens à logística implementada por cada um dos estados. Luiz Evaristo Volpato destaca que um dos maiores objetivos do Conselho é justamente se tornar referência para os outros Conselhos Regionais.

“Nossa visão – exposta em um quadro na sede do Conselho – é ser referência como Entidade da Classe Profissional por meio de práticas organizacionais de excelência e pela garantia do exercício ético da odontologia. Tido como pioneiro na implantação da ISO 9001, acredito que o CRO-MT está percorrendo o caminho certo”, declarou Volpato.

O superintendente administrativo do CRO-RJ, Luciano Terrigno, também enfatiza a importância da comunicação e relacionamento entre os Conselhos estaduais.

“Acho que essa troca de conhecimento entre Conselhos é benéfica para todas as estruturas. Este relacionamento auxilia na melhora dos serviços prestados a toda a classe odontológica. Para nós do Rio de Janeiro, a visita ao CRO-MT vai ser de grande importância na medida em que buscamos uma solução para fluidez de processos”, concluiu.

A equipe do CRO-RJ esteve em Cuiabá durante os dias 18 e 19 de abril.

ZF PRESS – ASSESSORIA DE IMPRENSA DO CRO-MT

COMENTÁRIOS