NOTÍCIAS

SAÚDE BUCAL

Frente Parlamentar da Odontologia será lançada em Brasília

No próximo dia 8 de novembro (quarta-feira), em Brasília, será lançada a Frente Parlamentar da Odontologia (FPO) na Câmara dos Deputados. A notícia é comemorada pelo Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) que estará presente para acompanhar as discussões e instalação da frente.

Conforme explica o presidente do CRO-MT, Luiz Evaristo Volpato, o movimento é fundamental para ampliar a representatividade e a defesa da Odontologia e dos profissionais da área nas discussões sobre leis no Congresso Nacional.

"Hoje há uma série de Projetos de Lei de interesse da população e da classe odontológica em tramitação no Congresso Nacional que precisam caminhar com maior celeridade", afirma Volpato. "Como exemplos citamos o PL que torna obrigatória a presença de cirurgião-dentista para atendimento dos pacientes internados em UTI tanto em hospitais públicos quanto privados. Há outro PL que substitui a lei que cria enregelamento os Conselhos de Odontologia, que é da década de 60. Está em discussão a PL 3661, referente a técnicos e tecnólogos de radiologia, mas que interfere na Odontologia. Outra questão em debate é a implantação do plano de carreira dos profissionais do SUS entre outros assuntos. É fundamental que a Odontologia tenha uma frente parlamentar que tenha ciência desses projetos que nos ajude a dar encaminhamento e dar celeridade nesses processos", defende.

A ata da reunião oficializando a chamada entidade civil de interesse público composta por deputados federais e que, conforme o estatuto, tem objetivo de apoiar e defender os ideais dos cirurgiões-dentistas e da odontologia, representados pelos profissionais, pelos conselhos federal e regionais, representações sindicais e instituições civis da categoria foi publicada no site da Câmara dos Deputados.

Foram 336 assinaturas de parlamentares que validaram a Frente. Sete deputados federais por Mato Grosso apoiaram a criação da Frente, entre eles Fábio Garcia (Sem Partido). Para o parlamentar, quando se fala em saúde deve se pensar na pessoa como um todo e a saúde bucal é uma parte importante neste contexto.

"Espero que a Frente consiga ouvir os anseios dos profissionais da odontologia e que a gente consiga aprimorar os serviços dessa área no caminho de universalizar a oferta de serviços para a população, seja por meio de políticas públicas ou ações para o setor privado", informa Garcia.

Ainda apoiaram a criação da Frente Parlamentar da Odontologia os deputados federais por Mato Grosso Adilton Sachetti (Sem Partido), Ezequiel Fonseca (PP), Nilson Leitão (PSDB), Vitório Galli (PSC), Rogério Silvia (PMDB) e Ságuas Moraes (PT).

"A odontologia está vivendo um novo momento e a criação da Frente Parlamentar é uma realização muito importante para a consolidação de uma odontologia realmente valorizada. Considero o apoio expressivo dos deputados à criação da FPO como reconhecimento do valor e da importância da odontologia na saúde de toda a sociedade brasileira. Precisamos agora da participação e do apoio de todos os cirurgiões-dentistas e demais profissionais da odontologia para avançarmos ainda mais nas conquistas", afirmou o presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Juliano do Vale.

SERVIÇO - O lançamento da Frente Parlamentar da Odontologia (FPO) acontecerá no próximo dia 8, às 14h30 (horário de Brasília), no Salão Nobre da Câmara dos Deputados.

 

ZF PRESS - Assessoria de Imprensa CRO-MT

COMENTÁRIOS