NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO

Conselho Regional e instituições de ensino superior discutem especialização em Odontologia

A efervescência do mercado de trabalho em expansão está impulsionando cada vez mais a procura por conhecimentos específicos na área da odontologia. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Brasil é o país com o maior número de cirurgiões-dentistas do mundo – com 280.306 profissionais. Diante do mercado considerado saturado e da alta demanda por atendimento odontológico, a busca por especialização torna-se uma necessidade.

Para ampliar a discussão sobre o assunto, o presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), Luiz Evaristo Ricci Volpato, se reuniuno dia 5 de julho com representantes de instituições de ensino superior que atuam no Estado. Entre as pautas do encontro, estavam os requisitos adotados pelo CFO para a coordenação de cursos de especialização em odontologia.

“Hoje, temos 6.412 profissionais da área atuando em Mato Grosso. Propiciar a conexão entre o compromisso de atualizar e qualificar estes profissionais perante os novos conhecimentos e desafios do mercado de trabalho está muito além da criação de cursos. É preciso conversar também sobre as normatizações aplicadas neste processo”, enfatiza Luiz Evaristo Ricci Volpato.

Na reunião, estavam presentes o diretor-geral da FAIPE, Marcus Vinícius Crepaldi, o diretor do curso de Implantodontia da EAPE, Dalter Favarette, e o coordenador do curso de Implantodontia da Escola de Odontologia, Walter Betoni Junior.

ENSINO – Entre as especialidades reconhecidas pelo CFO constam Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais; Dentística; Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial; Endodontia; Estomatologia; Radiologia Odontológica e Imaginologia; Implantodontia; Odontologia Legal; Odontologia do Trabalho; Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais; Odontogeriatria; Odontopediatria; Ortodontia; Ortopedia Funcional dos Maxilares; Patologia Bucal; Periodontia; Prótese Buco-Maxilo-Facial; Prótese Dentária; e Saúde Coletiva e da Família.

 

ZF PRESS - Assessoria de Imprensa

COMENTÁRIOS